terça-feira, 21 de outubro de 2014

Como verificar quantas conexões e quais IPs estão se conectando ao Apache e quem está disparando e-mails pelo servidor?

Você quer saber quantas conexões e quais IPs estão se conectando ao Apache de seu servidor neste momento? Basta rodar o comando abaixo e serão listados os IPs que estão conectando ao Apache e o número de conexões de cada IP:

netstat -plan |grep :80 | awk '{print $5}' |cut -d: -f1 |sort |uniq -c |sort -n

Esse outro comando é bacana pois mostra qual a quantidade de e-mail um cliente no servidor enviou:


grep cwd /var/log/exim_mainlog|grep -v /var/spool|awk -F"cwd=" '{print $2}'|awk '{print $1}'|sort|uniq -c|sort -n

sábado, 2 de julho de 2011

Banda Larga para todos, mas com limite


A contratação de um combo com internet de banda larga mais assinatura de telefone, dentro do recém-anunciado Plano Nacional de Banda Larga (PNBL), custará R$ 65 para clientes da Telefônica e R$ 69,90 nas cidades sob cobertura da Oi, segundo anunciou nesta sexta-feira (1º) o Ministério das Comunicações.

Acordo firmado por governo e teles no PNBL, anunciado na quinta, prevê a oferta de internet com velocidade de 1 Mbps (banda larga) pelo valor mensal de R$ 35 para todo o país até 2014.

O serviço pode ser feito por meio de conexão fixa ou móvel e tem início previsto de vendas em 90 dias.
O consumidor poderá optar por assinar apenas o pacote de banda larga ou o combo que inclui o telefone fixo. A autorização da venda do combo foi um pedido das teles, para deixar o negócio atraente.

Entretanto, dependendo da localidade (onde a empresa dispôr tanto de estrutura de telefonia fixa quanto 3G de celular), as concessionárias podem optar por oferecer a banda larga do PNBL apenas via conexão móvel, que tem limite de download mais restrito. Para ter acesso à conexão fixa, e maior capacidade de download, o cliente pode ser obrigado a adquirir também a linha de telefone.

A Oi dispõem hoje tanto de serviço fixo quanto 3G em cerca de 200 cidades pelo Brasil. No caso da Telefonica, são 230 apenas no estado de São Paulo. Nos municípios onde a tecnologia 3G não estiver disponível, as concessionárias serão obrigadas a oferecer apenas a internet fixa com assinatura de R$ 35.

Download
O Ministério das Comunicações informou nesta sexta-feira (1º) que o limite de download (capacidade de baixar arquivos e de navegação na internet) dentro dos planos previstos no PNBL vai aumentar gradativamente.

No caso da Telefonica, o limite de download da conexão fixa vai começar em 300 MB, depois passa a 600 MB até chegar a 1 GB (gigabite) na metade de 2013. Na conexão móvel, essa evolução vai ser de 150 MB, 300 MB e 500 MB.

Já os pacotes da Oi prevêem, para a banda larga fixa, limite de 500 MB e, depois, 1 GB. Para a móvel, a variação vai ser de 150 MB, 200 MB e 300 MB.

Quando o assinante atingir esses limites, vai ter a opções de pagar um adicional para manter a velocidade da conexão. Caso contrário, a velocidade será reduzida, mas o serviço será mantido. O contrato não prevê, porém, a obrigatoriedade de as concessionárias manterem uma velocidade mínima.

"Eu sinceramente acho que isso é pura enganação,  a suposta diferença será cobrada no excedente, que pela falta de informação, o usuário poderá gastar esses supostos 300Mb em horas,  lembrando que, se você tem uma conexão discada,  conseguiria quebrar esse limite em menos de 24 horas".

.

domingo, 26 de junho de 2011

Instalando o VNC em Servidor Linux CentOS

O seguinte tutorial ensina como instalar o servidor do VNC no CentOS e, assim, poder acessar remotamente seu VPS ou dedicado.

1) Instale o VNC server
No SSH, digite:

yum install vnc-server

Caso tenha cPanel, você também pode instalar indo a Main >> Software >> Install a RPM >> localize vnc-server e clique em Install

2) Crie a senha do usuário VNC
Via SSH, digite:

vncpasswd

3) Configure o servidor VNC
Edite o arquivo /etc/sysconfig/vncservers (use o vi, pico ou o ConfigServer Explorer)
Insira o seguinte:

VNCSERVERS="1:root"
VNCSERVERARGS[1]="-geometry 1024x768"

Acima o valor 1024x768 é a resolucão da tela pra visualizar o servidor remoto, altere-a conforme a resolução do monitor do seu PC.

4) Para visualizar a área de trabalho do servidor remoto, é necessário um gerenciador de janelas, eu uso o KDE, instale-o usando o comando abaixo:

yum groupinstall 'KDE (K Desktop Environment)'?

5) Crie o script de inicialização, usado para abrir o gerenciador de janelas toda quando você se conecta ao servidor.

Primeiro inicie e pare o VNC server:

service vncserver start
service vncserver stop

Agora edite o arquivo de configuração do usuário. Local: /root/.vnc/xstartup

Localize na última linha:
& twm &
Substitua por:
& startkde &

6) Finalmente (re)inicie o VNC:

service vncserver start

7) Configure o serviço VNC para ser iniciado no boot:

/sbin/chkconfig vncserver on

8) Conecte-se ao servidor remoto usando seu navegador (é necessário ter o Java instalado em seu PC).

Abra a URL IP_do_seu_servidor:5801
Vai abrir uma janela do Java, clique em OK e insira a senha.

Espere o KDE carregar sua área de trabalho remota. Pronto!

Dica:
1. você pode criar outros usuários também;
2. você também pode usar o GNome em vez do KDE.

Fonte: http://www.forumdehospedagem.com.br/viewtopic.php?f=16&t=88

sábado, 18 de junho de 2011

Importância de uma limpeza

Vou postar algumas fotos de um pc que pegamos para manutenção, o mesmo ficava reiniciando, checamos a temperatura e estava quase 90º,  abrimos o pc para uma pequena limpeza:






A qualidade das fotos não está boa, mas dá para ter uma noção... lembre-se:  para manter a vida útil de um computador é necessário tomar cuidados para que o processador não ultrapasse a temperatura recomendada, pois em muitos casos, depois de ficar rodando em alta temperatura, ele apresenta travamentos e lentidão.

terça-feira, 14 de junho de 2011

Motorola Atrix - Review Completo


Acabei de trocar meu milestone 1 no novo Atrix, não que o milestone seja ruim, mais pela velocidade do novo celular e  principalmente pelas coisas que ele faz.
Quando vi o vídeo,  já fiquei apaixonado pelo novo celular.


Não comprei e nem vou comprar a armadura tipo netbook,  pagar 900 reais em um esqueleto, eu acho meio salgado, mas....
Saiba, em detalhes, porque gostei dele:
Hardware imponente
O Atrix possui um processador interno dual core, cada núcleo com 1Ghz. Além disso, possui 1Gb de memória RAM.
Estes são os dois fatores que fazem com que a abertura de aplicativos, visualização de páginas e recurso de multi-tarefas seja impecável.
Tela grande, com resolução perfeita
A tela de 4′ do Atrix pode parecer grande demais para você, mas acredite: Em questão de minutos, terá se acostumado e nunca mais vai querer uma tela menor em sua vida.
Ela é grande o bastante para te deixar boquiaberto, para possibilitar a visualização de muito conteúdo em sites, por exemplo, para fazer inveja aos usuários de iPhone, ou simplesmente para enxergar melhor, com seu número elevado de pixels. Ao mesmo tempo, ela é pequena o bastante para permitir que guardemos o celular no bolso, sem parecer que estamos andando com um tablet, carteira, ou moldura de fotos por aí.
Sensor de digitais
Pode parecer frescura, mas honestamente, isto me fascinou. Quantas mil vezes você foi mostrar algo no seu celular para alguém e precisou digitar a senha para desbloquear, bem debaixo do nariz do cidadão ?
E se, por ventura, aquela senha for usada para outros fins (bancos, por exemplo), como fica ?
Poder apenas deslizar o dedo sobre o sensor e ter o aparelho desbloqueado é um recurso muito útil, prático e bastante seguro.
Webtop
Eu nunca havia ouvido falar no termo em si, mas já havia lido a respeito do conceito. Achei outra sacada fantástica, algo que na minha cabeça ainda levaria alguns anos para ser implementado. E temos duas opções, que explico melhor:
  • Dock HD
    O dock HD, que, aliás, é incluso no pacote (quando comprado na Vivo), transforma seu Atrix em um computador de mesa. Ele possui uma saída HDMI que deve ser ligada em TV’s ou monitores, e três saídas USB, que podem ser usadas para plugar mouse, teclado, pendrives, etc.
    Ao escolher a aplicação Webtop na tela do seu Atrix, o dispositivo de saída (provavelmente sua TV) irá mostrar o logotipo da Motorola, indicando o processo de abertura do software. Ao final, temos um desktop completo, com navegador, programas de mensagem instantânea, e acesso, inclusive, à tela do celular, caso precisemos rodar algum aplicativo nele.
  • Lapdock
    Além do dock HD descrito acima, temos uma espécie de “carcaça de laptop”. Explico melhor: Um case de plástico, com monitor, teclado e touchpad embutidos, com um slot disponível atrás do primeiro. Nele, você pluga o Atrix, e processo similar ao da Dock acontece: Seu celular vira um laptop instantâneo, com acesso a todos os arquivos que você carrega diariamente consigo em seu cartão SD.
É ou não é uma idéia fabulosa ?
Central de Entretenimento
Possivelmente este programa possui algum outro nome do exterior
Trata-se de um programa que transforma seu Atrix em um Media Center, sendo possível assistí-los numa TV ou monitor plugados no celular via HDMI.
Sim, isto significa que você pode baixar aquele vídeo em HD (o Atrix suporta!) e assistir na TV, no conforto da sua cama. E tem mais, caso você use a dock HD, ainda terá de lambuja a facilidade de poder controlar tudo via controle remoto, incluído no pacote.
A Motorola já prometeu a atualização do Android instalado no Atrix para a versão mais recente (Gingerbread), já que ele veio embarcado com o Froyo, razoavelmente desatualizado.
Adquiri o aparelho esta semana,  pra ser honesto, estou muito animado com todos os recursos que ele possui, e tem potencial para ainda ter num futuro próximo.
Abaixo montei um vídeo simples somente para mostrar algumas funções do novo Celular




Por questão de tempo, aproveitei boa parte do texto do site: http://www.lsmod.net/hands-on-motorola-atrix/
Inclusive ele já tem tutorial para liberar o root do celular.

quarta-feira, 8 de junho de 2011

Atendimento Online via Msn

Quer comodidade maior do que atender seus cliente sem ter que instalar um novo software?  pois é, eu tenho uma dificuldade grande de adaptação, porém com esse recurso não é necessário instalar nada novo no pc, pois seu msn já esta instalado e aberto,  basta fazer algumas configurações:



01 - Acesse o site: http://settings.messenger.live.com/applications/CreateHtml.aspx

02 - Faça o login com sua conta.

03 - Marque o checkbox "Permitir que as pessoas vejam o seu status do Messenger em sites e enviem mensagens para você", Lembrando que , se essa opção não for marcada, seu status será sempre OFFLINE.

04 - Clique em "Salvar"

05 - Clique na guia "Criar HTML" e escola suas preferências visuais e funcionais.



06 - Copie o HTML  que será gerado e cole na página que quiser, sendo que é possivel mudar a altura e largura olhando o código.

Contas bloqueadas pelo Brute Force Protection no Cpanel Webhost Manager (WHM)

Hoje tive um problema para acessar um servidor, por alguma maneira meu ip foi bloqueado de acessar o Painel de Controle WHM,  eu utilizo o cPHulk ,  é um sistema que bloqueia o acesso de pessoas que tentam acessar o sistema indevidamente,  porém eu acabei sendo pego por algum loop na rede ou alguma coisa que não sei explicar (lol),  porém como precisei acessar rapidamente, depois de uma pesquisa rápida na internet encontrei uma solução.


  1. Logue no SSH como root e entre no console MySQL.
  2. No Prompt do  MySQL,  Entre com os comandos:
    mysql> use cphulkd;
    Expected result: Database changed.
    mysql> BACKUP TABLE `brutes` TO ‘/path/to/backup/directory’;
    mysql> BACKUP TABLE `logins` TO ‘/path/to/backup/directory’;
    O comando acima é para fazer um backup das tabelas referente ao ip bloqueado e login utilizado.
    mysql> DELETE FROM `brutes`;
    mysql> DELETE FROM `logins`;
    O comando acima irá remover todos os endereços IP bloqueados e contas bloqueadas pelo sistema, permitindo acesso total novamente. Se você estiver familiarizado com SQL, é possível usar a cláusula WHERE para especificar logins ou o endereço IP que você deseja remover.
    mysql> quit;
    Pronto,  pode acessar. :)

terça-feira, 31 de maio de 2011

Calcular a corrente (A) que um cabo aguenta (W) conforme a distância

Estava refazendo a instalação elétrica de casa e tive algumas dúvidas,  o chuveiro é o maior vilão de uma casa, não só pelo seu consumo exagerado de energia, mas também pela bitola do cabo que ele utiliza,  muitas casas utiliza cabos de forma incorreta, por isso ocorre cheiro de queimado e alguns casos ate derretimento do fio, o que muita gente não sabe é que, se você utilizar um chuveiro em 220, você divide a carga entre os dois fios, ou seja,  um chuveiro (127v) utilizado na temperatura quente, consome em média 5400w e gera uma amperagem de quase 50A, se você utilizar o chuveiro em 220,  essa amperagem vai ser dividida, 25A para cada fio,  se seu chuveiro é 110v, você deve notar que toda vez que liga ele, sente que a luzes da casa fica mais fraca, isso é porque o consumo é muito grande em cima de um mesmo fio, se você utiliza 220, pode notar que isso não ocorre, ou no pior dos casos, a queda é leve,  mas atente a bitola do fio que chega ate o chuveiro e a distância,  quanto maior a distância,  maior tem que ser bitola do fio,  pesquisando na internet achei uma planilha muito interessante,  o link é:  http://varginha.net/download/geral/condutores.xls

Ah, sei que isso não tem muito a ver com tecnologia, mas como sou formado em eletricidade, gosto também deste assunto,  mas pensando bem, tecnologia não vive sem eletricidade :)

segunda-feira, 30 de maio de 2011

rsync - Ferramenta LINDA (Como diz um velho amigo @tgiovanella)

Introdução

Antes de iniciarmos o artigo, vamos imaginar um cenário onde você programou um mega portal que possui centenas de arquivos que somados ocupam cerca de 300 MB em disco rígido. Existem duas cópias do portal, uma no seu desktop de trabalho e outra no servidor Linux em produção.

Certo dia você resolve fazer uma baita reforma no site e passa uma porção enorme de tempo alterando seus scripts PHP, HTML, folhas de estilo, imagens e tudo mais que se possa imaginar e agora precisa atualizar a nova versão offline com a versão que existe no servidor em produção.

O grande problema é que você passou horas programando e já não recorda quais arquivos foram alterados. E agora, que solução te vem à cabeça? Enviar os 300 MB por FTP para o servidor? Ou passar outro bocado de horas selecionando os arquivos que você "lembra" que alterou e fazendo seu upload um a um? Que nada, isso é um mártir exclusivo para usuários de Windows. Quem programa em desktops Linux e claro, hospeda seus projetos em servidores Linux pode contar com a ferramenta dos sonhos, o rsync.

O que é rsync

Rsync, como o nome sugere, é um programa que sincroniza remotamente os dados entre duas máquinas. Por ser baseado no antigo rcp (remote copy), o software herdou as propriedades de criptografia do protocolo SSH, o que torna sua transmissão de dados mais segura que o FTP.

Além das propriedades de segurança, o rsync utiliza o protocolo remote-update, o que aumenta assustadoramente sua velocidade e diminui a quantidade de dados transferidos, pois são trocados entre os servidores somente as diferenças entre dois grupos de arquivos.

Voltando ao nosso estudo de caso introdutório, se alteramos uma dúzia de arquivos numa porção de centenas, ao executar um rsync do seu desktop para o servidor, somente os arquivos alterados serão enviados por upload.

Resumindo, existem pelo menos quatro situações onde o rsync pode te ajudar:
copiando (ou sincronizando) arquivos entre dois diretórios locais;
copiando (ou sincronizando) arquivos de sua máquina local para um servidor remoto;
copiando (ou sincronizando) arquivos de um servidor remoto para sua máquina local;

Formas de uso

Para cada situação anteriormente citada, o rsync apresenta uma sintaxe levemente diferente. Vamos dar uma conferida em cada uma delas.

Sincronizando diretórios locais

Uso: rsync [opções] origem destino

Você tem um diretório recheado com arquivos importantes e deseja manter uma cópia fiel do mesmo em outra localidade. Para copiar /home/usuario/artigos para para /var/backups/artigos, executamos:

$ rsync -Cravzp /home/usuario/artigos/ /var/backups/artigos/

Nota: supondo que /var/backups/artigos está criado e tenho permissões de escrita no mesmo.

Costumo utilizar a seqüencia de opções Cravzp por considerar que nelas estão inclusas todas as funcionalidades que necessito. Você pode optar em confiar cegamente em minhas palavras ou dar uma breve conferida na página de manual do software (man rsync) para descobrir o significado de cada opção.

Sincronizando arquivos locais para um servidor remoto

Um pré-requisito para enviar seus arquivos para o servidor remoto é possuir uma conta de usuário no sistema. Sendo assim, sua forma de uso é:

rsync [opções] origem usuario@host:destino

Supondo que o diretório /var/backups/artigos está localizado no servidor remoto cujo endereço IP é 10.0.0.5 e minha conta de usuário possui login "usuario", executamos:

$ rsync -Cravzp /home/usuario/artigos/ usuario@10.0.0.5:/var/backups/artigos/

Surgirá um prompt de senha, digite-a e pronto, os arquivos serão copiados.

Sincronizando arquivos do servidor para sua máquina local

Esta situação também requer um login para autenticação no servidor, a menos que o mesmo esteja configurado para aceitar conexões de usuários guest, fato comum em servidores mirrors, porém este assunto está fora do escopo do artigo. Se você entendeu como funciona o comando anterior, basta inverter a ordem dos parâmetros:

$ rsync -Cravzp usuario@10.0.0.5:/var/backups/artigos/ /home/usuario/artigos/


Fonte: http://www.vivaolinux.com.br/artigo/Transferindo-arquivos-com-o-rsync?pagina=1

domingo, 22 de maio de 2011

Como enviar vários arquivos por ftp sem pedir confirmação

Estava preparando para copiar vários arquivos de um servidor para outro via ftp, porém a cada arquivo que enviava ele pedia confirmação, e como eram muitos arquivos, tive que procurar uma alternativa, e como vou esquecer, vou publicar aqui para lembrar e para servir para outras pessoas...

ftp ftp.dominio.com.br
digite seu login e senha
> prompt (comandinho bonito)
> mput (envio) ou mget (download) *

Feito isso é só aguardar :)